sábado, 17 de julho de 2010

Joe, o Bárbaro - por Grant Morrison

Não é a paródia do Barack, não é o Governador da Flórida, não é o Bob, mas sim Joe, o Bárbaro.

Uma obra extremamente controversa, daquelas que tira a mais variada gama de reações das pessoas. Eu já li e ouvi coisas do como "melhor HQ de fantasia dos últimos tempos" e "não limpava a bunda com o papel que isso foi impresso."

Já o site Soc! Tum! Pow! (isso mesmo, e muito maneiro por sinal, visitem) diz o seguinte:

"Em Joe, the Barbarian, nova mini-série da Vertigo, escrita por Grant Morrison (Crise Final, 7 Soldados da Vitória) e desenhada pelo ascendente Sean Murphy (Espantalho: Ano Um), conheceremos Joe, um garoto normal com problemas normais de um aluno do Ensino Médio. No entanto, além dos problemas comuns de todo garoto, como ser alvo dos valentões da escola, Joe perdeu seu pai durante a Guerra do Iraque e todos os dia luta contra a diabetes.


Joe, o Bárbaro é uma obra cujo cenário é o clássico ambiente de fantasia medieval conhecido por todos nós de obras como as de Tolkien ou Robert E. Howard. Em entrevista concedida ao Comic Book Resources, Grant Morrison explicou que com esta série está tendo a oportunidade de fazer sua primeira história em quadrinho neste cenário. “Eu cheguei a escrever dois grandes romances de ‘capa e espada’ há algum tempo, disse ele, mas nunca fiz um gibi de fantasia com uma história para todas as idades do tipo ‘Senhor dos Anéis’ ou ‘Alice no País das Maravilhas’“."

Números #1 e #2 por Gibiscuits e SoQuadrinhos e a #3 pela equipe Quadrinhos Inglórios da SQ, mothafucka!



Link no mediafire.

Link no hub SQ.

Link do DLC no hub.



Link no mediafire.

Link no hub SQ.

Link do DLC no hub.





Link no mediafire.

Link no hub SQ.

Link do DLC no hub.

2 comentários:

  1. gostei do quadrinho.
    mais ainda do traço do carinha.
    legal legal.

    ResponderExcluir
  2. Valeu a visita, Ryan.
    O traço do Sean Murphy é muito maneiro mesmo.

    ResponderExcluir