terça-feira, 8 de junho de 2010

Orgulho e Preconceito e Apocalipse Zumbi

“É de conhecimento geral que um zumbi em posse de cérebro, está sempre ávido por mais cérebro.”


Assim diz a sinopse do livro Orgulho e Preconceito e Zumbis.

Mas tudo bem, vamos por partes.

Orgulho e Preconceito, Pride and Prejudice no original, é um clássico da literatura inglesa, e acredito eu, a mais famosa obra da autora Jane Austen. Apesar do termo “clássico” dar um ar de que é algo “velho, antigo, empoeirado e esquecido”, Austen tem estado mais por cima da carne seca que muitos autores contemporâneos e até recentemente, tinha voltado para a lista de best-sellers, em grande parte por causa do seu aliado com zumbis.

A obra, publicada pela primeira vez em 1813 fala sobre a época, as diferenças entre classes sociais, as dificuldades das classes mais baixas de obter cultura e moral, e o romance entre Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy, ou apenas Mr. Darcy. Mas como o filme homônimo é se tornou até famoso hoje em dia, até quem acha a leitura pesada pode conhecer a obra.

Lá pelo primeiro trimestre de 2009 foi lançado o Orgulho e Preconceito e Zumbis (Pride and Prejudice and Zombies), do norte-americano Seth Grahame-Smith. De acordo com a Folha Online, ele mantém 85% da obra intacta, só a modifica o suficiente para que ela se passe em meio ao apocalipse zumbi que todos adoramos e, pra fechar com chave de ouro, com cenas de artes marciais.

A matemática da obra literária + monstros = sucesso não é uma grande novidade. Não é de hoje livros como Abraham Lincom: Caçador de Vampiros, Mulherzinhas e Lobisomens, Manfield Park e Múmias, acabam parando no topo da lista do New York Times. O tema, porém, está longe de ser exaurido. Afinal, quem, algum dia, já se cansou de ver filmes de zumbis? Eu com certeza não.

Por isso e prova disso é que todo esse fuzuê pela obra da escritora britânica ainda não acabou. Li hoje no HQManiacs.com que já saiu o Pride and Prejudice and Zombies Graphic Novel, pela Del Rey, editora que já grande conhecida nossa e que estou começando a virar fã de carteirinha. A obra gráfica é uma adaptação de Tony Lee, com arte do veterano Cliff Richards.
Minha aposta seria que, assim como a Sete Psicopatas (vimos ela aqui mesmo faz pouco tempo, lembra?), também da Del Rey, a Boom! Studios logo vai ver o potêncial nessa GN e correr atrás dela.



Pessoalmente, eu estou correndo atrás dessa Graphic Novel como um maluco. Não descanso mais até encontrar, e acredito que ela se tornará minha prioridade de produção assim que encontrá-la.

Como nota adicional, vale lembrar do filme, Orgulho Preconceito e Zumbis, que será estrelado pela Natalie Portman no papel de Elizabeth. Filme, quadrinhos, literatura, alguém duvida que logo depois vai ter a trilha sonora?



PS.: O link para a obra Orgulho e Preconceito leva para o Google Books, versão integral da obra que já é de domínio público. Portanto se interessar, baixe e imprima à vontade.
Abraços!

3 comentários:

  1. aHHHHHHHHHH EU QUERO TRADUZIR!

    ResponderExcluir
  2. Fui e me fudi! lol

    Como eu te disse hoje mais cedo, a gente organiza essa parada. Vamos traduzir os dois.

    ResponderExcluir