sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Fahrenheit 451 - A Adaptação Autorizada

Chegou o dia! Finalmente essa HQ chega aos portões do QI.

Grande agradecimento ao Maltese e ao Edner, respectivamene pela revisão e pela diagramação da revista e novamente a ambos pelo tamanho do esmero e dedicação que puseram nesse projeto.

Eu falei sobre o Fahrenheit 451 e sobre Ray Bradbury nesse post, portanto eu vou ser breve por aqui.

Basta dizer que eu estou orgulhoso e feliz pra cacete de ver essa obra pronta e em português. Ela representa boa parte de tudo que nós tentamos fazer nesse grupo. Obras inteligentes, adultas, alternativas, que dão uma dor de estomago quando você vira a última página e percebe que acabou a leitura.

Valeu galera, divirtam-se!


Sinopse:

“Segunda queimar Millay, Quarta Whitman, Sexta Faulkner, queimar até virar pó, e então queimar o pó.”


Para Guy Montag, um bombeiro de carreira para quem querosene é perfume, isso não é somente um slogan oficial. É um mantra, um dever, um modo de vida em um mundo monitorado de perto onde pensar é perigoso e livros são proibidos.


Em 1953, Ray Bradbury previu uma das mais inesquecíveis distopias futuras, e em Fahrenheit 451 de Ray Bradbury, o artista Tim Hamilton traduz essa assustadora obra-prima moderna em uma fantasia belíssima na Graphic Novel. Tal como só poderia ocorrer com a total cooperação de Bradbury nessa adaptação autorizada, Hamilton criou uma impressionante obra de arte que captura de forma única o despertar de Montag para a crueldade do pensamento controlado pelo governo e do valor inestimável da filosofia, teologia e literatura.


Incluindo uma introdução original por Ray Bradbury que descreve totalmente a genialidade e força dessa tão amada obra canônica, Fahrenheit 451 de Ray Bradbury, é uma excepcional, assombrosa peça da literatura gráfica.

 

Link no mediafire

Link no hub SQ.

Link do DLC no hub.

11 comentários:

  1. Um ótimo livro, lembro quando baixei em ingles a comic, comentei com o Jevoux, acho q na realidade ambos baixamos e colocamos como projeto pessoal. Então formou-se o grupo, discutiamos quais trabalhar, e esta foi uma das primeiras que resolvemos que tinham de serem feitas. Não ache que esquecemos e por isso levou tanto tempo pra aparecer, mas sim, fomos fazendo com calma,paciencia e muito esmero(e leituras complementares).

    Ela talvez tenha sido uma das HQs que mais tive trabalho pra revisar, foram várias versoes e discuções de como ficaria melhor cada termo.

    Fico muito feliz com ela aqui. E agradeço ao trabalho herculeo do Jevoux em traduzir ela sozinho, contando apenas com minha revisão. E um agradecimento especial ao Edner, que quando viu ela nos prejetos prontamente pediu pra diagramar.

    ResponderExcluir
  2. PQP! Finalmente!!!!!!!

    Caras vcs são phodásticos!!!

    Fahrenheit 451 foi um filme que marcou a minha adolescência e a minha vida, ainda não lí o livro, mas agora vou ler a HQ e graças a vcs!

    Tô baixando agora!!!

    Parabens seus bastardos!

    ResponderExcluir
  3. Valeu, Marcelo. São comentários assim que fazem a gente se animar pra continuar traduzindo as HQs. =)

    ResponderExcluir
  4. Weeeeeeeee!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Parabens pela escolha desta obra importantissima e pelo trabalho profissional de vcs na traducao e diagramacao. :)

    ResponderExcluir
  6. Duas coisas fantásticas: primeiro a disponibilização da obra e segundo a perfeição do trabalho. Parabens e continuem, por favor...

    ResponderExcluir
  7. Obrigado, Justin e Carlos!

    A gente se esforça pra trazer esses trabalhos pra nossa língua mãe e é SENSACIONAL ver que ele foi aprovado por vocês!!

    ResponderExcluir
  8. Citei este post no meu blog e linkei o blog. Obrigado e abraço.

    ResponderExcluir
  9. Uau! Obrigado mesmo Cassionei!
    Que bom que vc curtiu.

    ResponderExcluir
  10. Bem fera... eu peguei gosto de ler mesmo com esse livro ae sabe, vi o quanto uma historia podia mudar a gente...
    Vlws, baixando a HQ aqui já...

    ResponderExcluir